sexta-feira, 27 de maio de 2011

A unidade faz a diferença!

A unidade faz a diferença!


Você já percebeu quanto é importante o seu dom para outro? Quanto você pode completar outra pessoa com seu talento ?

Se nunca percebeu comece a observar essa grandeza da unidade em nossa vida,como juntos nos completamos um ao outro. Assim é em um grupo , em uma comunidade e lugares que convivemos cada um com sua função, sem cada um percebe- se que algo falta nesse lugar.
Ofereça seu dom nos lugares que você convive e não queira ser mais que outro e também não queria ter o que outro tem de melhor, sim podemos querer aprender mas sabemos que nunca vamos entrar no lugar do outro que tem esse talento, pois dele é essa função, mas podemos sim ajudar com nossa.Valorize outro, um elogio não custa nada mas para quem elogiamos tem sua importância, todos merecemos ser elogiados,não deixe que sentimentos de inveja, de ciúmes te invada mas deixe o sentimento de gratidão, de amor seja maior do que estes.

Vamos juntos na unidade estarmos a serviço do Senhor, na Igreja tem lugar para todos, e ela necessita de sua ajuda e da minha ajuda para juntos evangelizar e juntos descobrirmos quão grande é o amor de Deus por nós, no mundo também existe lugar para todos e acredite você é muito importante para a sociedade, sua função faz todo diferença, somos todo iguais ninguém é maior ou menos, é egoísmo nosso pensar que não precisamos uns dos outros para sermos felizes , pois Jesus nós diz "Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em mim, e eu nele, dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.", uma arvore não é bela com um ramo só precisa de muito ramos para que torne belo e cada um produza frutos, os frutos são o que fazemos no mundo é nossa vocação, nosso talento, nossa profissão, assim Senhor nos diz precisa de nós ramos em sua videira cada um de nós para juntos completamos o seu Reino e nos chama a permanecer em seu amor, permanecer em sua caminhada para que em Ele nos ajude, nos mostre a beleza de nossa missão na terra, acredito que todos temos um missão, mas sem estar no amor de Deus muitas vezes fugimos desviamos ,dessa missão, que cada um foi chamado a exercer.
Façamos nossa parte, na qual fomos chamados, vamos sonhar juntos com um sociedade melhor,cada um exercendo sua missão, vejamos a grandeza de ser alguém importante no mundo diz uma musica da banda Bem da Hora "que ninguém merece ser ninguém" e não fomos criados para isso fomos criados para sermos únicos mas também poder completar o outro, eu preciso de você que está lendo para continua escrevendo porque de que adianta escrever somente para mim claro eu sou primeira e ler e refletir meus escritos mas é preciso partilhar, assim você precisa partilhar seu talento, partilhar sua vida ,seu modo de ser com seu próximo. E saiba que estou agradecendo e me maravilhando de saber que todos perante Deus somos irmãos é tão rico saber isso pra mim porque mesmo com individualismo do mundo, eu vejo no outro meu irmão e aqueles que me permitem partilhar, permitem ter amizade, permite que eu converse tem sido muito bom poder ter contato , mesmo com simples sorriso ,simples gesto alguns verei por um dia, outros verei sempre, mas é preciso aceitar o outro pois somos irmãos nascidos do mesmo Criador e juntos fazemos a diferença na terra.
Abra-se a outro, a unidade que faz a força, a conhecer mais pessoas, a ajudar o próximo e a ser ajudado vamos nos abrir a solidariedade fraterna onde o amor prevaleça mesmo com desafios diários, com nossa orgulho, nossa inveja, nosso querer ser mais ,vamos querer ser iguais e como Jesus nos pede amarmos a Deus sobre todos as coisas e amarmos o próximo como a nós mesmo!

E partilho com você uma meta minha como revolucionaria do amor , e todos nos que evangelizamos pelo Reinos somos pois ser revolucionário do amor e propagar a nome de Cristo de diversas formas:
"Que nada que eu fazer não seja pensando no amor de Deus pela humanidade,
amor que nos leva a realizar nossa missão perante o mundo, vamos juntos como irmãos evangelizar.
Revolucionários do Amor somos, para juntos amarmos como Cristo nos amou
e na unidade construirmos uma nova sociedade. "

Tamu junto ...
Na unidade
Aline Frederico
Quero cada dia amar mais...



Frases do Dia!

"As pessoas viajam para admirar a altura das montanhas, as imensas ondas dos mares, o longo percurso dos rios, o vasto domínio do oceano, o movimento circular das estrelas, e no entanto elas passam por si mesmas sem se admirarem." Santo Agostinho

‎"O mundo é um livro, e quem fica sentado em casa lê somente uma página." Santo Agostinho

"Necessitamos um do outro, para sermos nós mesmos." Santo Agostinho

""Deus nem sempre vai responder as suas orações com sim ou não. Às vezes, a resposta é: espere.

Santos exemplo de vida para nós:Santo Agostinho de Cantuária

Santo Agostinho de Cantuária

Comemoramos seu dia 27 de Maio.


Santo Agostinho de CantuáriaMonge beneditino, viveu em um mosteiro de Roma fundado por São Gregório Magno. Santo Agostinho na Grã- Bretanha exerceu santamente sua missão de levar muitos à santidade e assim santificar-se.

O Papa São Gregório enviou missionários para anunciar a Boa Nova nas Ilhas Britânicas, 40 monges estavam sob o comando de Agostinho, que corajosamente avançou em direção aos anglo-saxões que possuíam fama de cruéis. Agostinho ao chegar, expôs ao rei sua pregação e pediu-lhe autorização para pregar com seus irmãos.

O trabalho de evangelização foi tão fecundo que, em menos de um ano, mais de dez mil pessoas se converteram, inclusive o rei Etelberto.

Ajudado sempre pelo Papa, Santo Agostinho, na obediência acolheu as direções do Espírito e foi ordenado Bispo. Com o surgimento de novas necessidades pastorais, tornou-se Arcebispo. Com a ajuda de muitos outros missionários, alcançou a graça da conversão, praticamente para todos da ilha. Entrou na Igreja Triunfante, com outros, em 605.

Santo Agostinho de Cantuária, rogai por nós!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Beleza Interior "o Essencial é invisível aos olhos"

Beleza Interior
"o Essencial é invisível aos olhos"


Como falar de beleza interior, nos tempo que só se fala de beleza exterior? Me peguei pensando nisso e resolvi escrever um pouco sobre isso hoje
A origem da palavra de beleza quer dizer : Aquilo, ou o que faz Deus brilhar. O que em ti está fazendo brilhar para Deus e para mundo? Já se fez essa pergunta, eu já me fiz algumas vezes e também já fiz essa o que tem me feito ser feio para Deus e para o mundo? Muitas foram a respostas para as duas perguntas.
Precisamos cultivar nossa beleza interior todo dia de nossa vida, pois a beleza exterior Deus já nos fez belo todos somos belo perante DEUS cada um de um jeito, de seu modo mas perante o Criador somos todos belos, nos humanos que inventamos esse conceito de beleza exterior, como deve ser para ser belo , claro que nossa beleza exterior tem que ser preservada sim, mas não devemos querer muda-la, quem tem pela branca querer ser negro , quem em olhos pretos querer ter azuis, temos que nós amar como o Senhor nos fez, eu quando passei a me amar meu exterior pois antes parece que aceitava só meu interior, mas vi que devia gostar de dois eu percebi que sou bela ,posso não ser para alguns, mas importante que sou para Deus, para mim e para os que me ama e conhece de verdade, para demais um dia quem sabe verão que nem tudo que parece é, são conceitos de beleza, cada um de nós somos diferentes e o bonito de tudo isso é a diversidades de belezas.
Agora beleza interior cultivamos a todo momento o exterior temos que preservar já interior deve ser cultivada, ser regada por toda nossa vida, pois nossa qualidades pode também ajudar próximo e nosso defeitos devemos querer controla-los, muda-los para não fazer mal a nós e aos outros.Devemos aprender a querer aprender cada dia mais o que importante para nosso crescimento, ter valores morais e também ajudar o outros , ir encontro do outro para ajuda-lo naquilo que tenho de bom para oferece-lo, com uma palavra de otimismo, uma ajuda aquela pessoa necessitada ,temos que ter coração aberto a novo o que de bom nos é falado e o ruim precisamos ter discernimento de não cultivar em nós.
Beleza interior é ser aquilo que somos mas sempre cultivar para bem , um exemplo é um pessoa falante ela muita vezes fala coisa sem pensar e machuca o outros com palavras atos, ela deve cultivar pensar em antes de falar mas mesmo tempo ela também fala muita coisa boas e não pode deixa de falar, conversar, elogiar.E como diz a frase "o essencial é invisível aos olhos" , invisível os olhos de quem vê, mas ao nosso olhar o essencial é algo que deve ser desejado por nós, o que é essencial para ti? Sua beleza, seus valores, seus atos, sua família, e os desejos de DEUS tem sido essencial para nós?Lembre beleza é o que faz nós brilhar para Deus.
Eu quero brilhar para o Senhor! E você quer?

Tamu Junto

Na unidade
Aline Frederico


sábado, 21 de maio de 2011

Frase do dia!

"Ser jovem é ter uma causa a quem consagrar a própria vida."

Reflexão: Amar: uma opção!


Amar: uma opção!
Por: Jairo Coelho
Publicado no site:http://www.catequisar.com.br


Pra começo de conversa quero dizer que eu sei o que é o amor, mas se alguém me perguntar: o que é o amor? Não saberei responder, porque o amor não se explica, vive-se. Talvez por isso, muitas pessoas até falam ou escrevem bonito sobre o amor, porém, são infelizes.

Quando falo em amor, não estou falando em sentimento, porque o amor é mais que isso, é gesto concreto que se solidifica nas coisas simples do dia-a-dia: num abraço, um aperto de mão, um sorriso, um olhar, numa canção... Enfim, precisamos entender que Deus é amor e por isso mesmo Ele se revela nos detalhes da vida.

É comum, por exemplo, ouvirmos a expressão “EU TE AMO”. Alguns a dizem sem levar em consideração o seu valor, exatamente por desconhecerem o real significado do amor, confundindo-o com paixão, atração, sexo, sentimento, obsessão. Assim, sob a justificativa de que o amor acabou, muitas pessoas se decepcionam, frustram-se, matam ou até se suicidam. “O amor não acaba. Tudo passa, porém, o amor permanece” (1Cor 13,8).

São Paulo revela para nós que o amor é bondade, não tem inveja, não é arrogante, não escandaliza, não é egoísta, não guarda rancor... Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Em outras palavras, o amor é um verdadeiro exercício ascético.

É uma opção! Portanto, só saberemos o que é amar a medida que optarmos pelo amor. Mas é preciso está disposto a sofrer e saber transformar esse sofrimento em felicidade. Pois o amor é o maior de todos os sacrifícios: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos” (Jo 14,13). Desta forma, podemos afirmar, também, que a amizade é a plenitude do amor. Quando amamos não temos medo de sofrer, porque temos consciência de que as maiores felicidades são conseqüência dos grandes sofrimentos.

Cada um de nós é responsável pela construção de sua própria história. Não importa o que tenhamos sido ou feito no passado. O importante é recomeçar a cada dia com o propósito de ser e fazer sempre o melhor, lembrando que o segredo dos que triunfam é recomeçar sempre.

Nisto consiste o amor próprio. Não se pode amar o próximo quando não se é capaz de amar a si mesmo. O que já aconteceu não podemos mais mudar, mas podemos escolher o que ser e o que fazer daqui pra frente, somos o que decidimos ser. O que não podemos é sermos reféns de nós mesmos, do nosso passado e até mesmo do nosso futuro.

Não há pior prisão do que a prisão em liberdade. É importante lembrar, ainda, que as quedas são privilégios apenas daqueles que estão a caminho, porque os que estão parados não são capazes ao menos de cair. E que a santidade é resultado de crises superadas. Logo, não temos o direito de nos tornarmos juízes perversos de nós mesmos impondo sobre nossos ombros o pesado fardo da auto-condenação.

A felicidade depende de nós, mas precisamos fazer uma opção radical pelo amor. Não podemos ter medo de amar, porque “Deus nos deu não um espírito de timidez, mas de fortaleza, amor e sabedoria” (II Tim 1,7). A decisão está em nossas mãos.


Musica:Amar Como Jesus Amou

Amar Como Jesus Amou

Padre Zezinho

Um dia uma criança me parou
Olhou-me nos meus olhos a sorrir
Caneta e papel na sua mão
Tarefa escolar para cumprir
E perguntou no meio de um sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Amar como Jesus amou
Sonhar como Jesus sonhou
Pensar como Jesus pensou
Viver como Jesus viveu
Sentir o que Jesus sentia
Sorrir como Jesus sorria
E ao chegar ao fim do dia
Eu sei que dormiria muito mais feliz

Ouvindo o que eu falei ela me olhou
E disse que era lindo o que eu falei
Pediu que eu repetisse, por favor
Mas não dissesse tudo de uma vez
E perguntou de novo num sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Depois que eu terminei de repetir
Seus olhos não saíram do papel
Toquei no seu rostinho e a sorrir
Pedi que ao transmitir fosse fiel
E ela deu-me um beijo demorado
E ao meu lado foi dizendo assim



sexta-feira, 20 de maio de 2011

Reflexão:Amar com acolhida e maturidade

Amar com acolhida e maturidade

É permitir que o outro seja o que é

Publicado 18 de maio de 2011 pelo site : www.cancaonova.com

Em meio ao mundo exigente e extremamente rápido (corrido…) em que vivemos atualmente, é fato que as pessoas acabam se tornando cada vez mais inclinadas a ser intolerantes, impacientes e propensas a rotular as outras. Sufocados por tantos dilemas e exigências, poucos conseguem ter a devida paciência para com os demais e muitos, se não alcançam respostas imediatas em um relacionamento (nos mais variados âmbitos), acabam desistindo das pessoas que deles buscavam se aproximar.

Descobrir alguém leva tempo. E quando nos tornamos superficiais demais, desistindo facilmente diante do primeiro desencanto, acabamos por perder a feliz oportunidade de descobrir pessoas maravilhosas. Não é porque a pessoa não sorriu como quereríamos ou porque tenha um defeito latente, que temos o direito de encarcerá-la em um rótulo infeliz.

Acredito que todos queiram ser bons e felizes, e todos lutam por isso. Pode ser que não sejam compreendidos assim – ou não se percebam assim -, mas, no fundo, buscam isso. Pode ser que palavras inicialmente ásperas sejam, no fundo, o pedido de socorro de alguém que recebeu pouco amor na vida e que, desesperadamente, pede que o ensinemos a amar.

Pode ser que as atitudes que mais o irritem em alguém sejam a prova do esforço profundo de um coração querendo sinceramente fazer o bem, e que nisso precisa ser estimulado/ensinado, para assim poder revelar suas melhores potencialidades.

Mesmo que o amor que recebamos não seja do jeito tínhamos buscado ou idealizado… mesmo assim é amor. Os gestos e iniciativas de amor que possam soar repugnantes para nós, podem ser o tudo do que o outro pode nos dar no momento. Precisamos aprender a acolher o que as pessoas conseguem oferecer hoje, valorizando o que elas nos oferecem.

Não podemos ser cruéis a ponto de destruir em nós aqueles que não se acomodam aos nossos estereótipos e expectativas infantis.

O verdadeiro amor se expressa em um acolhimento que permite ao outro ser simplesmente o que é, sem precisar representar para nos agradar e, assim, ser aceito. Amar é acolher e buscar compreender (o que não é fácil…). Dessa forma será possível permitir que o outro, neste universo de verdade e liberdade, se revele, expressando o amor como sabe, pois só desse modo este poderá aprender – a partir do amor/acolhida que recebeu – a melhor forma de amar e se ofertar.

Eis o desafio: amar com acolhida e maturidade, sem exigir que o outro se transforme em uma representação fiel do que “estabeleci” como verdade e valor! Assim as pessoas poderão ser, de fato, pessoas ao nosso lado – em vez de coisas –, e na verdade do que recebemos e ofertamos, poderemos também nós nos tornar melhores, sem a exigência desumana de precisarmos nos alienar para ser aceitos.

Diácono Adriano Zandoná
verso.zandona@gmail.com

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Reflexão:O pato e a esponja

O pato e a esponja

É preciso que aprendamos a nos tornar impermeáveis

Publicado pelo site : www.cancaonova.com dia 11/05/2011


Por acaso você já observou o que acontece com os patos quando dão seus mergulhos na lagoa? Eles simplesmente não se molham. Suas penas são cobertas com uma camada de óleo, tornando a ave impermeável. Ele retira cuidadosamente o óleo, da glândula uropigial, com o bico e o espalha por todo o corpo. Se você lavar um pato com detergente, ele se afogará no primeiro mergulho. Mas o pato não é a única ave privilegiada com esta proteção. Praticamente metade das aves possuem a tal glândula.

Ao liderar pessoas difíceis é fundamental desenvolver um mecanismo de proteção parecido com o do pato. De alguma maneira, é preciso que fiquemos “impermeáveis”. O grande erro é deixar que o temperamento difícil de uma pessoa se torne referência para você e para todos ao redor.

Se alguém fala alto demais em seu ambiente de trabalho, não vai demorar muito para que todos comecem a se comunicar aos berros. Será a vitória do erro. É preciso que aprendamos a nos tornar um pouco surdos, mantendo um jeito sereno de falar. Impermeáveis. O silêncio falará mais alto que os gritos, e a serenidade será a referência determinante para aquele ambiente.

O problema é que, além de não sermos "patos", muitas vezes, nos comportamos como verdadeiras "esponjas".


Temos a trágica capacidade de absorver tudo. Se alguém vomita num lugar público, logo buscamos um balde d'água para limpar o lugar. Porque não fazemos o mesmo com as pessoas que vomitam mau humor, inveja e raiva?

Absorver estes sentimentos como uma esponja é tão asqueroso e prejudicial quanto absorver o vômito alheio.

Se pensássemos desta maneira, não ficaríamos com tanta facilidade nos remoendo em ressentimentos. Prestou atenção nesta palavra? Vou repetir "re-sentimento". É sentir de novo o que já fez mal da primeira vez. Recebemos uma ofensa, basta a dor uma vez só. Mas preferimos comentar sobre o fato ressentidamente com alguém, depois com outro e mais outro... Ao final do dia já "re-sentimos" a mesma dor várias vezes. Jogue um balde d'água nessa sujeira! O perdão é o melhor remédio. Seja pato.. não seja esponja.

(Artigo extraído do livro "Como liderar pessoas difíceis").


Padre Joãozinho, SCJ
http://blog.cancaonova.com/padrejoaozinho/
Padre do Sagrado Coração de Jesus (dehoniano), doutor em teologia, diretor da Faculdade Dehoniana em Taubaté (SP) e autor de vários livros e canções. Conheça o blog do Padre Joãozinho

domingo, 15 de maio de 2011

Algo que grita em mim.


Aprendi que se amar no momento presente nossa irmão mais próximo amarmos sem condição e estar unido a ele estarei amando tbm o mundo pq ele é parte deste todo , em nossa pequenez não podemos amar o mundo chegar a todos mas posso sim amar aquele que está do meu lado pois perante Deus somos irmãos mesmos aqueles que negam existência de Deus é nosso irmão, ame, compreenda -o e deixa Cristo ser presença em ti para outro .
Eu quero amar meu próximo e você?

Tamu junto ....
Aline Frederico

domingo, 8 de maio de 2011

Reflexão

"Se muitos entendessem com é bom seguir a Jesus e ter ele como Mestre perderíamos menos tempo tentando procurar coisas que nos complete no mundo.
Pois só Jesus é o caminho a verdade e a vida quem o segue não andará nas trevas!
Perdemos tempo a procura de coisas que não são eternas, procure o belo procure a DEUS cada dia mais .
Quero cada dia amar o que me faz viver o Céu já aqui na terra."

sábado, 7 de maio de 2011

Feliz dias das Mães!

video

A todos as mães do mundo obrigada , pois seu sim a ser mãe transformou a vida de seus filhos !

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Maio: Mês de Maria


Maio: mês de Maria

É um convite para voltarmos nosso olhar a esta Mãe
Publicada: 04/05/2011 Pelo site: http://www.cancaonova.com


As referências dos Evangelhos e do Atos dos Apóstolos a Maria, Mãe de Jesus, apesar de poucas, deixam ver muito desta privilegiada criatura, escolhida para tão alta missão. São Paulo, na Carta aos Gálatas (4,4), dá a entender claramente que, no pensamento divino de nos enviar o Seu Filho, quando os tempos estivessem maduros, uma Mulher era predestinada a no-Lo dar. Para que se compreenda a presença da Virgem Maria nesta predestinação divina, a Igreja, na festa de 8 de dezembro, aplica à Mãe de Deus aquilo que o livro dos Provérbios (8, 22) diz da sabedoria eterna: "Os abismos não existiam e eu já tinha sido concebida. Nem fontes das águas haviam brotado nem as montanhas se tinham solidificado e eu já fora gerada. Quando se firmavam os céus e se traçava a abóboda por sobre os abismos, lá eu estava junto dele e era seu encanto todos os dias". Era, pois, a predestinada nos planos divinos.

Para se perceber melhor o perfil materno de Nossa Senhora, três passagens bíblicas podem esclarecer isso. A primeira é a das Bodas de Caná, que realça a intercessora. Quando percebeu – o olhar feminino que tudo vê e tudo observa – estar faltando vinho, sussurra no ouvido do Filho sua preocupação e obtém, quase sem pedir, apenas sugerindo, o milagre da transformação da água em generoso vinho. Ela é, de fato, a mãe que se interessa pelos filhos de Deus que são seus filhos.

Outra passagem do Evangelho esclarecedora da personalidade de Maria é a que nos mostra seu silêncio e sua humildade. O anjo a encontra na quietude de sua casa, rezando, para dizer-lhe que fora escolhida por Deus para dar ao mundo o Emanuel, o Salvador. Ela se assusta com a mensagem celeste, porque, na sua humildade, nunca poderia ter pensado em ser escolhida do Altíssimo. Acolhe assim, por vontade divina, a palavra do mensageiro, silenciosamente, sem dizer, nem sequer ao noivo, José, o que nela se realizava. Deus tem o direito de escolher e por isso ela diz apenas o generoso “sim” que a tornou Mãe de Deus.

O terceiro traço de Maria-Mãe é sua corajosa atitude diante do sofrimento. Ao apresentar o seu Jesus no templo, ouve a assustadora profecia do velho Simeão: “Uma espada de dor transpassará a tua alma”. Pouco mais tarde, estreitando ao peito o Menino Jesus, deve fugir para o Egito com o esposo, para que a crueldade de Herodes não atingisse a Criança que – pensava ele, Herodes – lhe poderia roubar o trono. Quando seu Filho tem doze anos, desencontra-se dele e, ao achá-Lo após três dias, queixa-se amorosamente: “Por que fizeste isto? Eu e teu pai te procurávamos, aflitos”. Sua coragem se confirma na Paixão e Crucifixão de Jesus. De pé, ali no Calvário, sofre e associa-se ao sacrifício do Redentor. É a mulher forte, a mãe corajosa e firme, a quem a dor não derruba. De fato, a espada de Simeão lhe atravessara a alma e o coração. É a Senhora das Dores.

Maio, mês dedicado a Nossa Senhora, pela piedade cristã, é um convite para voltarmos nosso olhar a esta Mãe querida para pedir-lhe que abra as mãos maternas em bênção de carinho sobre nossos passos nesta difícil escalada da Jerusalém celeste.

Dom Benedicto de Ulhoa Vieira
Arcebispo Emérito de Uberaba - MG

04/05/2011 - 08h10

Reflexão : As Balinhas

As Balinhas
É engraçado como sentimos uma certa liberdade de falar em voz alta o que queremos, quando pensamos que ao nosso redor ninguém vai entender...
Você já viajou para um país onde as pessoas falam outra língua e não entendem a sua?
Isso pode ser perigoso...
Outro dia em uma de nossas visitas ao hospital aqui na Namíbia...
"De onde a senhora é?" inicio a conversa com uma senhora que estava com uma carinha muito triste e sofrida. Olhava o vazio e parecia muito só e desolada.
"Venho do Norte" responde voltando sua atenção para mim.
"O que aconteceu com a senhora? Qual a razão de estar aqui?" pergunto.
Ela me mostra o braço enfaixado e diz que foi trazida para Windhoek às pressas, pois no Norte o hospital não tinha condições de cuidar dela, precisava ser operada...
Continuamos conversando e ela contou que como veio às pressas não tinha nada e nem ninguém que a visitasse.
Não tinha nem sabonete para tomar banho, roupas para trocar, pasta de dentes, nada, nada. Me senti comovida, pois ela não estava me pedindo nada, estava apensa desabafando...
Como no mesmo quarto tem em média 6 a 8 pessoas, conversamos um pouco mais, oramos por ela e fomos orar pelas outras senhoras do quarto, mas sabia o que ia fazer assim que saísse dali...
Combinei com as outras esposas de pastores que estavam comigo naquele dia, e fomos juntas procurar uma loja próxima, onde poderíamos comprar as coisas básicas para aquela senhora.
Achamos a loja e cada uma foi buscar uma coisa, sabonete, pasta de dentes, escova, creme, roupa interior, etc...
No caminho para o caixa, nossa cestinha já estava lotada de coisas, quando pensei nas outras senhorinhas do quarto, fui então pegando saquinhos de bala e docinhos que poderíamos dar para as outras do quarto. Fiquei com os braços cheios de balas e doces e fui com minhas amigas para a fila pagar...
Ao chegar na fila, uma jovem que estava na minha frente, me dá um sorriso bem caloroso e amigo, fico até surpresa e retribuo.
Para minha surpresa a mesma jovem vira-se para a sua amiga em voz alta e fala em PORTUGUÊS...
"Olha pra essa branca aqui atrás de mim. Por isso que os filhos delas são cheios de dentes podres, devia ter vergonha de estar cheia de doces e balas, não cuida dos filhos e depois reclama..." nisso ela se vira pra mim e me dá outro sorriso daqueles bem amáveis e amigos.
Não perdi tempo, retribuí o sorriso e disse amavelmente... "Com certeza você não imagina que eu também falo Português, por isso no futuro seria bom tomar mais cuidado ao fazer seus comentários e somente para clarificar, eu não tenho filhos e essas balas são presentinhos que vamos dar para algumas senhoras que acabamos de visitar em um hospital".
A jovem deu um grito de incredulidade e disse... "Ai que vergonha!" saiu da fila e foi embora.
A amiga que estava na fila fica conversando comigo... "Olha, foi muito bom que isso tenha acontecido, estou sempre falando para ela não fazer essas coisas, mas ela está sempre fazendo isso. Foi muito bom, quem sabe agora, ela muda..."
Ao lembrar, até dô risada, mas na realidade, isso foi uma lição pra mim também...
Principalmente no que está relacionado aos nossos olhos...
Nem sempre o que vemos é realmente o que aparenta. Tirar conclusões apressadas é algo muito perigoso e pode nos levar a cometer erros graves e até mesmo mágoas em nossos corações.

Devemos tomar cuidado que comentamos, nosso olhar muitas vezes é maldoso olha atitudes do próximo e logo que julga mas lembre-mos só Jesus pode de julgar .
Antes de comentarmos pensemos se nosso comentário vai fazer bem ao outro se não melhor guardamos para nós, sei como é difícil,mas vale a pena desafio a cada um de nós..
Pensemos diante dessa frase: "Que não gostaria que fizesse comigo não faço com outros ."

Tamu junto...

Aline Frederico